domingo, 3 de janeiro de 2010

De quem é a culpa?

Quem nunca culpou o fim? Seja pelo término de qualquer coisa, desde o final mais dolorido ao menos. Não sou advogado de ninguém, que fique bem claro. Mas, vamos ser sinceros, o problema das coisas não é o fim, mas sim o começo. Afinal, se não houvesse começo, certamente não existiria fim. Então, não se pode culpar o final. Pois fazer isso, é cometer uma grande injustiça. O pobre fim não tem culpa de nada. Ele só cumpre o seu papel. Tudo bem que até pode ser uma coisa que faz mal a muita gente. Entretanto, no mundo que vivemos a coisa está tão difícil que para conseguir o leite das crianças não existem muitas opções, às vezes tem que se aceitar o que aparece, não é? Sendo assim, vamos colocar a culpa no real culpado, que é o começo. É, ele mesmo. Que ilude sempre, com a esperança de que ele não trará o fim consigo. Mas, ele trará. Pois ele é um mentiroso. E da pior espécie, porque ele ganha a confiança, enche de esperança, porém no fundo sabe exatamente o que vai acontecer. Ele sabe que é uma questão de tempo para o fim chegar. E pra piorar as coisas, o começo é cínico. O safado não leva nenhuma culpa, deixa tudo pro pobre do fim. O começo com certeza é algum tipo de político corrupto ou grande traficante, porque tem sempre um laranja. E este se chama fim. Por isso o final é mais nobre que o início. Pois ao invés dele se fazer de vítima, ele encara a situação e não se exime de suas responsabilidades e põem um ponto final no que for. São raras às vezes em que o fim é um herói. Ele só é bom, quando termina com algo que nem era pra ter começado. Está ai mais uma prova da culpa do início, está vendo? Agora tire suas próprias conclusões. Porém se não existisse nem fim e começo, como seria? Acredito que tudo seria triste, aliás, muito triste. Pois qual seria a graça de não ter nada para começar? Se encher de esperança que vai da certo, se entregar de corpo e alma. Ou então, como seria a sensação de saber que as coisas poderiam não ter fim? Será que tudo seria tão especial quanto é agora? Pode ser que sim, mas eu aposto que não. O fim nos da à garantia que nada é pra sempre, mas que existem coisas que conseguem ser maiores do que o infinito. O espetáculo está no caminho do início ao fim. E nessa estrada que pode ser pequena ou grande, que mora toda a magia de nossa mortalidade. Acreditar não é tolice, é virtude das pessoas capazes. Capazes de se encherem de esperança quantas vezes for preciso, de que sabem que o fim pode significar um recomeço. Sentir saudade não é coisa de gente fraca, é sintoma de um mortal que viveu o real significado de para sempre. Colocar a culpa no fim ou no começo não mudará essa lei da vida, pois um depende do outro. Viver não é acreditar que as coisas têm que ser pra sempre. Viver é saber que nada é pra sempre e mesmo assim ir até o fim. Que o final ou começo não são uma fatalidade, mas sim uma conseqüência. O motor da vida e a prova que o início traz consigo o fim. Isso não é uma injustiça. Mas sim uma justiça com tudo que merece ser vivido apenas uma vez, para se tornar tão especial que nem vários fins ou começos poderão apagar. Eternidade é isso, é tão forte e marcante que independe de fim ou começo, é atemporal. Algo que dá certeza que sempre esteve, está e estará entranhado em nós.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O solteiro é esperto...

Ser solteiro é o máximo. Afinal, o solteiro vive a vida como se o próximo segundo não chegasse, faz o que der na telha e não precisa fazer nada pra agradar outra pessoa. O solteiro chega a hora que bem entender, não precisa dar satisfação e não deve nada a ninguém, só tem que pensar nele mesmo. Ser solteiro é o melhor, não há discussão. Aliás, quando se é solteiro não existe discussão. É apenas, você e você. Olha que maravilha! Os solteiros que são espertos; Nunca cedem, sempre estão certos. Sendo assim, estão corretos até em achar que os casais são burros. Pois como duas pessoas podem acreditar tanto uma na outra? Como podem pensar uma na outra tantas vezes ao dia? Como podem discutir, divergir e mesmo assim continuarem juntas e muitas vezes dizendo que faz parte? Como duas pessoas podem se gostar tanto, mas tanto que quando estão juntas parecem uma?
Realmente solteiro, se comprometer com outra pessoa é coisa de gente retardada, brega. Que felicidade tem agradar, lembrar, ficar com apenas uma pessoa? Vai falar que fidelidade, cumplicidade não estão foras de moda? E a lealdade, então? Aposto que muita gente nem sabe o que é isso. Olha que beleza, o solteiro ainda está na moda! Assim como ser preso, carente, sozinho, não amar. Uma coisa é verdade, ser solteiro não significa ser livre, pelo contrário. Quando se é solteiro se escraviza a tudo que as pessoas pensam, a todos os rótulos, pois você nunca tem a certeza que existe uma pessoa que está com você pela sua essência, não pelo que você tem ou aparenta ser. Também digo que ser solteiro é ser carente. Pois o solteiro pode ter qualquer um, mas ao mesmo tempo não tem apenas alguém somente seu, alguém que possa estufar o peito e dizer: é meu! O solteiro é praticamente sinonimo de sozinho. Pois não caminha no shopping de mão dada, não pega a sessão de cinema das 22 horas, não vai tomar sorvete olhando o mar, não tem ninguém pra levar naquela festa chata de família, pra ela ficar menos chata. O solteiro chora sozinho, ou pior não tem por quem chorar. Não tem ninguém pra dividir as coisas da vida; Pode achar que tem tudo, mas lá no fundo, nem que seja bem no fundo, sente um vazio. E o solteiro tem medo de amar. Talvez porque tenha medo de se entregar ou pavor de ter a sensação que gosta mais de alguém do que a si próprio. Provavelmente, seja da essência de ser solteiro ter tanta segurança, mas quando se trata de se relacionar é um poço de insegurança. Se relacionar não é fácil mesmo não. Tem que sair da moda e agregar valores quase extintos. Ser leal, cúmplice, sincero. Acredito que o solteiro pensa que quando ele ama se perde a autonomia da vida, mas não é isso a vida continua sendo exclusivamente sua. Porém, percebe-se o quanto é bom dividir a vida com outra pessoa, ser feliz com outra pessoa. Como é sensacional amar e ser amado.
É solteiro percebeu como você é esperto e quase não corre riscos? Entretanto, pena que ser esperto não quer dizer ser feliz, ser completo. E que riscos fazem parte da vida e eles são necessários para valorizar o nosso maior bem que é a própria vida. Não estou dizendo que a felicidade de todos está em encontrar um par. Pelo contrário, estou dizendo que os solteiros é que são espertos. Entretanto, entre ser um esperto infeliz ou ser um tapado feliz. Prefiro ser o tapado feliz;

sábado, 15 de agosto de 2009

Para o amigo ET

Meu grande amigo ET, como você tá? Espero que esteja tudo bem rapaz. Aliás, as coisas devem estar melhor do que aqui na minha Terra, ? Porque nunca vi um povo tão desunido como o meu. Aliás, você nem perde tempo vendo as notícias daqui, não é? Desculpa por ficar te falando essas coisas, mas você é meu amigo. E aqui amigo serve também pra desabafar. Cara, vou falar sério com você, tem coisas que são difíceis de entender. Ai no seu planeta existe tanta desunião? Aqui as brigas são diárias, acredita? Pois é, brigam por espaço, comida, dinheiro, religião, cultura, ideologias, opiniões, bobagens, energia e até por água tão brigando. Vai entender o motivo disso, meu amigo, vai entender. Sinceramente, se você tiver um solução me manda. Se bobear, as pessoas vão falar que a gente nem é amigo. Só por causa da distância. Tudo bem, que você não me manda notícias frequentes, meu amigo. Mas eu juro que te entendo. Amizade é assim mesmo, é como o Sol. Pode vir uma nuvem e tampar, mas pra sempre vai estar lá. E assim que eu me sinto com você. Pena é que aqui muitas pessoas não entendem isso, meu amigo ET. Não, não, eu não quero abandonar ninguém. Mas até os amigos podem se separar em algum momento, entende? Temos sonhos para realizar e infelizmente nem sempre podemos levar todo mundo que a gente gosta no nosso caminho. Por exemplo, eu e você. Tamo distante com objetivo diferente, mas a gente segue em frente. Somos amigos de verdade, porque se fosse mentira nem falaria esses segredos para você, meu amigo. Aqui as coisas perderam um pouco o sentido, pra falar a verdade nem sei se existe isso! Pessoas que se gostam de verdade, tão separadas. O amor foi vulgarizado e a cada dia se torna mais e mais. É meu amigo, preciso é de umas dicas ou de uma injeção de verdade, será que você tem ai? Poxa, já até parei de tentar entender sabia? Falando sério, o ser humano tá é perdido meu amigo. Acho que essa é a única explicação, pra esse confusão. Eu não queria ser o salvador do meu povo, mas eu queria que minha raça encontra-se um sentido pra viver, hoje em dia tá todo mundo vivendo por viver. Não é possível que ai as coisas sejam assim, afinal você nunca reclamou. E olha, meu amigo, eu sei que vocês não são nenhum santos. Vocês ai tem medo, não é? Putz, aqui todo mundo é apavorado, acredita? Até das nossas sombras temos medo. Temos medo do que estar por vir, do que passou, do presente, das pessoas, das dívidas, do mercado de trabalho, da concorrência, do amor, da morte e até mesmo da vida!! Será que ninguém ai quer fazer um intercâmbio? Será que você quebra esse galho pro seu amigão? Fica tranquilo, isso não é uma cobrança é, apenas, minha última esperança. Não quero jogar a responsabilidade em você, não me entenda errado hein. É que aqui na minha Terra, pelo menos, os amigos tentam ajudar uns aos outros e foi por isso que logo pensei em você. E aliás, você tá de férias ? Mas esquece, você tá com a razão de não querer passar elas aqui. Afinal, que descanso você iria ter? Seria mais fácil você levar essa pandemia para o seu planeta. E eu não quero que essa confusão se espalhe para além daqui. Porque, sinceramente, tá difícil de levar, meu grande amigo ET.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Declaração Inesperada

As boas declarações são as inesperadas. Vai falar que não é? Essa forma de declaração acelera o coração e arrepia até o fundo da alma. É a coisa mais sincera e espontânea que uma pessoa pode dizer para a outra. Não é nada ensaiado, muito menos premeditado. Simplesmente, são palavras que traduzem a intensidade do que acontece. E não são meras palavras, são as palavras. Se um dia você receber uma declaração inesperada, fique feliz alguém realmente se importa e gosta de você. E uma curiosidade delas é que dificilmente são clichês. Muitas vezes são até o revés destes. Ou quando são "frases feitas", as palavras ganham poder, elas ganham vida, assim deixando de ser meros clichês para tornarem-se um diferencial e um marco na sua vida. O de poder ser você, nada além de você. Não resta dúvida que as palavras tem um enorme poder. E quem as domina leva vantagem sobre quem é dominado. Mas o grande barato das declarações inesperadas é que elas não ligam para cor, classe, religião, nível social ou cultural. Para usa-las, só tem duas condições. Ser sincero e querer eternizar tudo o que se foi vivido e sentido.
É sei que sou idiota, mas sei que você é mais do que eu. Não por todas as nossas risadas e besteiras. Mas pelo simples fato de você ter conseguido se eternizar na minha vida e com toda a naturalidade ter me mostrado você. É, categoricamente eu afirmo que é você é uma idiota. Mas fazer o que? Você é a idiota que eu amo.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Tom e Vinicius bêbados

video

Musicalmente eu dispenso dizer algo sobre esse dois "monstros". Mas sobre esse vídeo, eu digo que eles foram mais ímpares ainda. É de uma veracidade e simplicidade que faz ter vontade de conhece-los.

A Benção Tom, A Benção Vinicius.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ainda bem, que eu a tenho

Pode parecer estranho, mas o que seria de mim sem a Minha Caixa de Som? Sério mesmo, acho que seria uma pessoa infeliz. Pois ela é a grande responsável, muita das vezes, por eu conseguir desabafar, gritar, cantar, chorar, pensar. Tem horas que parece que nada no mundo vai me entender, é ai então que ela entra em ação com alguma palavra que me faz ver que a vida é difícil mesmo. Às vezes ela me da cada conselho que ninguém no mundo saberia dar. É incrível! Nos momentos de felicidade, parece que ela está feliz comigo. E o que me deixa mais alegre é que ela nunca me abandonou, em hipótese alguma. Já eu por burrice, a troquei pelos fones de ouvido. Adivinha o que eles fizeram? No início até que foi uma maravilha, mas simplesmente de uma hora para outra não funcionaram mais e me deixaram na mão, quando eu mais precisei. Não fui extremamente cuidadoso, mas uma relação é isso cara, a gente às vezes erra, pode deixar a desejar, mas se cresce e evolui junto. Desaparecer e deixar o outro na mão na metade do caminho não é o mais aconselhado, pois cada oportunidade tem que ser levado a sério, mesmo que mais pra frente não aconteça o esperado, pelo menos você vai ter tentado. Voltando a falar da Minha Caixa de Som, essas coisas que fiz com ela só me fizeram ver, sentir e perceber como ela é importante pra mim e como a Minha Caixa nunca vai me abandonar, mesmo eu tendo sido tão injusto. Depois disso tudo ela continua a ser a mesma Caixa que um dia amei e que sempre amarei. E hoje, eu tenho a certeza que eu não a troco por nenhum fone, rádio, mp3 ou mp4, pois ela me completa, da força, escuta, faz-me escutar. E ela mostrou-me que, às vezes, podemos passar por momentos de dúvidas e incertezas, mas só nós mesmos temos a resposta e devemos lutar pelo o que queremos. Sendo assim, obrigado Minha Caixa por nunca me abandonar, tenha certeza que nunca vou te abandonar por nada desse mundo.

Chico Buarque - Futuros Amantes

video

E pra dar início a minha seleção de vídeos, começo com essa linda música, do Chico Buarque. Não preciso defini-la, pois o própio Chico a descreve nesse vídeo. Vale a pena conferir!